quarta-feira, 10 de junho de 2015

Rosa de Sarom

O Registro

A carreira de um cuteleiro é marcada por inúmeros acontecimentos memoráveis: novas amizades, viagens, eventos...

Nosso trabalho por si só é muito recompensador sob o ponto de vista emocional. Criar algo novo faz parte da natureza humana e bem para a alma do homem.

Sinto satisfação em tudo o que produzo com minhas mãos, até mesmo a mais simples das facas. Mas alguns trabalhos se tornam marcantes em nossas carreiras e hoje estou registrando um destes.

Fiz essa espada em 2010, antes mesmo de eu ter criado este blog. De lá para cá, conheci inúmeros novos clientes e amantes de lâminas que acompanham meu trabalho. Estes certamente não conheciam esta peça e os detalhes de sua produção.

O registro deste trabalho, além de proporcionar à este público a oportunidade de conhecer este trabalho único, também registra este marco de minha carreira, para que meus filhos futuramente o conheçam.

A Inspiração!

A ideia deste projeto é na verdade, minha segunda versão, de uma adaga integral do cuteleiro americano Burt Foster. 

Meu grande amigo Jefferson Velasco, em 2007, me mandou por email uma foto da agada de Burt, confeccionada em aço carbono e me disse que gostaria de ver uma interpretação minha daquela peça, feita em aço damasco. Obrigado Jeff, por acreditar no meu potencial!

Em setembro de 2007 perdi meu Pai num trágico acidente de carro, quando voltava de uma pescaria no Mato Grosso.

Movido pela dor da perda, senti que era a hora de fazer a minha versão da peça de Burt Foster, não em dimensão de adaga, mas como uma espada curta, um gládio romano  da era moderna, com 50 centímetros de comprimento.

Nasceu então a Legacy, peça confeccionada em homenagem ao legado que meu Pai, José Francisco Berardo, deixou para seus filhos.

Como minha formação na cutelaria se deu no Rio Grande do Sul, fui inspirado pelas maravilhosas facas integrais gaúchas, com sua belíssimas "bombinhas" ovais esculpidas manualmente à lima.

O resultado foi provavelmente, se não a primeira, certamente uma das primeiras espadas integrais feitas na cutelaria moderna. Até hoje nunca tive conhecimento de outra espada integral confeccionada anteriormente à esta!

Uma peça incrível, que chocou à todos e venceu o Prêmio de Melhor Aço Damasco no Salão Paulista de Cutelaria de 2007. Um marco inesquecível na minha carreira e uma homenagem à altura do Grande Homem que foi meu Pai!

Legacy

A Legacy, na capa da Revista Digital Knife Show.

Rosa de Sarom

Alguns anos depois, senti a necessidade de tentar um desafio maior. Uma versão com 85 centímetros de comprimento, com guarda integrada à lâmina (oferecendo melhor conforto e segurança) com um cabo de talas de marfim de mamute.

O forjamento foi uma batalha, pois tive que partir de uma barra inicial muito grande e pesada, que resultasse nessa peça enorme.

A têmpera na forja foi muito difícil e quase consegui por fogo na minha casa quando a fiz! Explico...

Minha oficina fica sobre um muro de arrimo no fundo do quintal de casa. Construí um suporte especial para prender a espada aparafusada pelo cabo, de modo que eu a conseguisse manusear com segurança à 850 graus Célcius. 

O plano era aquecê-la ao ponto desejado e depois fazer a têmpera em um recipiente com óleo, que para facilitar a manobra, estava no nível abaixo do muro de arrimo. 

Como se tratava de uma peça com grande massa, ao mergulhar no óleo, que já estava pré-aquecido à 60ºC, o grande calor acumulado fez com que o óleo entrasse em ebulição e vazasse do recipiente como um vulcão em erupção, vazando óleo em chamas, que chegaram à certamente uns 3 metros de altura. Só não pus fogo no cabelo...porque não tenho cabelo!

Anos depois aprendi com um amigo do Corpo de Bombeiros que este fenômeno era previsível e se chamava Boil Over! Mas era tarde!

O Boil Over em uma panela de cozinha!

O instinto momentâneo foi gritar para a minha "corajosa" esposa Raquel para pegar o telefone e ligar para o Corpo de Bombeiros! Eu achei que tinha posto fogo na casa toda!

Já o instinto da minha valente esposa foi de pegar meu filho Francisco, que à época era um bebê de 1 ano e "pirulitar" pra rua, gritando por socorro.

Por sorte o fogo não durou mais que 10 segundos, mas esse tempo foi o suficiente pra Raquel correr 100 metros rasos com um bebê no colo!

Raquel pedindo socorro!

No final das contas meu Vulcão Particular não comprometeu o resultado da têmpera, e até hoje é motivo de risos!

O susto produziu aprendizado e logo após o "fenômeno" coloquei um bom extintor de incêndio de pó químico em minha área de forjamento e têmpera!

Usinando o cabo da Rosa de Sarom.

Uma lâmina enorme de dois gumes.

A divisão perfeita da usinagem do duplo fio.

Área da guarda e da bombinha pré-usinadas.

Uma lâmina com alto poder de corte.

As belas talas de marfim de mamute que comprei em Milão em 2009, 
pela bagatela de 350 Euros. Valeu cada centavo!
Eu sabia que por baixo desse azul escuro haviam belas surpresas!

Potência nas mãos!

Iniciando a marcação da bombinha esculpida manualmente à lima!
Um trabalhão!

Limites da bombinha definidos!

Perfil do cabo Full Tang.

4 dias inteiros aperfeiçoando a escultura da bombinha!

Uma "bolinha" integral

A furação para tirar peso, ajudar na aderência da cola
e passar diversos pinos de fixação embutidos
que resolvi esconder para não macular a beleza espetacular 
das talas de marfim de mamute.

A guarda "integrada" à lâmina,
um aperfeiçoamento ao projeto da Lagacy.

A visão da guarda.

As maravilhosas cores do marfim de mamute, 
após retirada a casca grossa!
Essa configuração multicolorida é chamada de "Peacock Ivory"
ou Marfim Pavão, pela diversidade de cores!

A usinagem dos dois gumes, 
terminando em forma de arco na guarda.

Acabamento manual da lâmina. Haja braço!

Tive que fazer um suporte especial de aço 
para sustentar a lâmina e facilitar o lixamento manual.

Cabo colado e lâmina usinada. Caldeamento perfeito! 
Nenhuma mínima falha de caldeamento em 85 centímetros de damasco!

A bombinha antes da revelação do damasco.

Cabo em formato de garrafa de Coca-Cola.

Damasco revelado.

Talas perfeitamente assentadas!

Uma peça muito imponente!

As pequenas linhas do damasco, 
separadas por linhas mais espessas de aço níquel.

Belos contrastes do marfim.

A Espada em sua bainha rústica. Bela combinação!

Acabamento de superfície do couro rústico, 
feito com uma lixa manual grão 50.

Costura medieval.

Pra lá do joelho!

Sacando!

Escudo elíptico de damasco com minha marca,
incrustrado ao cabo!

Marfim e damasco...
queijo com goiabada!

Uma peça pra me lembrar com orgulho!
Foram exatos 40 dias de trabalho!

Definição e contraste perfeitos. 
Características dos meus damascos!

A Rosa de Sarom,
um dos nomes de Jesus Cristo!



"Porque Deus amou o mundo 
de tal maneira 
que deu o seu Filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê 
não pereça, 
mas tenha a vida eterna."
João 3:16



Para receber emails de Facas Disponíveis, 
Vídeos, Artigos e Informativos sobre Eventos, 
cadastre-se, enviando email para:

e.berardoknives@gmail.com

Contato:
Email: e.berardoknives@gmail.com
Celular: (17) 99727-0246
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

9 comentários:

  1. Caro Berardo,
    Procurando por cutelaria na web cheguei até aqui e estou conhecendo seu belíssimo trabalho. Agora, esta Rosa de Saron, meu amigo... esplêndida! Não consigo parar de olhar as fotos, rs.
    Abs!

    ResponderExcluir
  2. Berardo,após terminar de ler essa linda epopéia que foi o forjamento do aço, e ver a sua obra nascer, olha, foi uma obra simplesmente Divina eu fiuei maravilhado, parabéns, e que Deus te proteja meu amigo.

    ResponderExcluir
  3. Berardo,após terminar de ler essa linda epopéia que foi o forjamento do aço, e ver a sua obra nascer, olha, foi uma obra simplesmente Divina eu fiuei maravilhado, parabéns, e que Deus te proteja meu amigo.

    ResponderExcluir
  4. Caro Bernardo,procurando por conhecimento em relação ao aço damasco encontrei teu blog e fiquei vendo teus artigos,mas quando vi este tópico e li,vi as fotos deste excepcional trabalho,acredite me brotaram lágrimas nos olhos com essa maravilha...quisera eu ter toda essa maestria e talento,parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Berardo,excelente trabalho. DE longe a peça mais linda que vi até hoje,entre todas as suas belas criações.Acompanho seu trabalho a algum tempo e sou inscrito de seu canal no you tube gostaria muito de aprender a arte da cutelaria,mas não conheço nenhum curso próximo da minha casa moro em belo horizonte minas gerais gostaria que me indica-se algum curso de qualidade que você conheça,ou algum amigo seu que de aulas,gostaria de aprender com você mas não seria possível pelo fato de morarmos em estados diferentes e pelo fato de desconhecer se você dá aulas. Se possível envie a sugestão de curso no meu e-mail luiztst17@yahoo.com.br,desculpe o inconveniente mas desejo muito aprender a arte de cutelaria e preciso da opinião de bons profissionais da área como você.

    ResponderExcluir
  6. Maravilha de trabalho amigão. Caraca marfim de Mamute, incrível, coisa fina heim!!!

    ResponderExcluir
  7. Berardo, meu caro que obra de arte, fico só imaginando o nível de dedicação para criar uma peça assim, que Deus continue te agraciando com esse talento.

    ResponderExcluir