segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Nanuk

A skinner provavelmente é uma das facas mais especializadas que existem. Digo isso pois ela se destina especifica e basicamente para apenas uma função: corear um animal.

No Brasil ela é praticamente desconhecida, mesmo de boa parte do público amante das lâminas, em virtude de nossas leis que proíbem a caça.

Essencialmente, corear consiste em separar o couro, do restante da carcaça do animal.

A maioria dos animais de caça oferecem duas "riquezas": a carne e o couro.

Especialmente nos países da América do Norte, onde a legislação é mais madura, pois possibilita a caça controlada, e a população é mais consciente, muita gente sobrevive da caça legal.

A Nessmuk

Exitem pelo mundo diversos tipos diferentes de skinners. Podemos pensar nas skinners como o "gênero" e no modelo específico como a "espécie".

Para mim, a mais inspiradora de todas as skinners, é a Nessmuk, a faca nativa dos Inuits, ou Esquimós, como são mais popularmente conhecidos.

Uma Nessmuk. 
Normalmente feitas com cabo de chifre de rena.

Inuits caçando.

Uma Nessmuk Moderna

Uma Nessmuk em construção integral.

Belíssimo cabo de marfim de mamute caramelo.

A tradicional bombinha gaúcha esculpida manualmente à lima.

O "cucuruto", elevação do dorso da lâmina,
imediatamente após a ponta.

A curvatura acentuada do fio.

O cabo pistol grip.

Nanuk, que na língua Inuit significa
Urso Polar.


"Não há santo como o Senhor; 
porque não há outro fora de ti; 
e rocha nenhuma há 
como o nosso Deus."
1 Samuel 2:2



Para receber emails de Facas Disponíveis, 
Vídeos, Artigos e Informativos sobre Eventos, 
cadastre-se, enviando email para:


e.berardoknives@gmail.com

Contato:
Email: e.berardoknives@gmail.com
Celular: (17) 99727-0246
Telefone Fixo: (17) 3525-2595

2 comentários:

  1. Bernardo boa tarde
    Qual o investimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcio. Por gentileza vamos conversar por email. O meu é e.berardoknives@gmail.com
      Abraços!

      Excluir